Inscrições Financiamento Fies 2018

Atualizado em: agosto 1, 2017

by Fies 2018 on 1 de agosto de 2017

Como funciona o Fies 2018: O Governo Federal em parceria com o Ministério da Educação (MEC) criou o FIES – Fundo de Financiamento Estudantil, um programa que tem o objetivo de financiar o valor das mensalidades de cursos de graduação de nível superior para estudantes matriculados em instituições privadas de ensino superior.

Para conseguir um contrato do Fies 2018 o estudante deve passar por um processo seletivo. Com antecedência o MEC divulga o número de vagas para novos contratos e realiza dois processos seletivos, um no primeiro e outro no segundo semestre de cada ano.

Para participar do processo seletivo do Fies 2018 o estudante ou futuro estudante deve antes realizar sua inscrição no endereço eletrônico http://fiesselecao.mec.gov.br. Em breve deve ser divulgado o cronograma completo com todas as datas e períodos de inscrição.

Quem pode participar do processo seletivo Fies 2018?

O Fies 2018 é um programa voltado para estudantes que possuam uma renda familiar de 1 a 5 salários mínimos. No entanto, este não é o fator que determina se o estudante pode ou não participar do processo seletivo dos novos contratos de financiamento estudantil.

Inscrições Financiamento Fies 2018

Para estar apto a realizar inscrição no Fies 2018 o estudante deve ter participado do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio e ter nas provas de conhecimento obtido uma nota igual ou superior a 450 pontos e uma nota superior a zero na prova de redação do Exame.

A nota do Enem é o principal critério no processo seletivo do Fies 2018. Ao realizar a inscrição o participante deverá informar o número do seu Cadastro de Pessoa Física – CPF e a sua data de nascimento. É através destes dados que o SisFies – Sistema Informatizado do Fies verifica se o candidato participou do Enem e qual foi a sua nota nas provas do Exame.

Mudanças no formato do Fies para 2018

O MEC anunciou uma série de mudanças no formato do Fies que começam a valer a partir de 2018. As mudanças ainda vão depender de regulamentação que virá com a aprovação de medida provisória. No entanto, o MEC já divulgou o que mudará no Fies 2018.

O Fies passará a ter três tipos de contratos que serão diferenciados por taxa anual de juros, renda familiar, vagas e regiões do país onde o estudante reside.

No contrato do Fies 1 as taxas de juros serão zero. Este tipo de contrato Fies estará disponível para estudantes com uma renda familiar de até três salários mínimos e que morem nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O contrato do Fies 2 terá uma taxa de juros de 3%. Estudantes de todas as regiões estarão aptos a este tipo de contrato desde que possuam uma renda familiar de no máximo 5 salários mínimos.

Já o contrato do Fies 3 ainda não tem uma taxa de juros anuais definida. Como no contrato do Fies 2 a renda per capta do estudante pode ser de até 5 salários mínimos. Este contrato terá vagas regionais e também nacionais.

Foi estipulado também que o estudante vai começar a quitar o valor financiado no Fies 2018 após ingressar formalmente no mercado de trabalho. O valor será descontado direto do pagamento e não poderá comprometer mais de 10% do salário. O prazo máximo para quitar o valor financiado no Fies 2018 será de 14 anos.

Processo seletivo e contratação do Fies 2018

Após o período de inscrições o SISFIES em chamada única irá selecionar os estudantes com base no número de vagas ofertadas e a nota de corte de cada curso. Como critério de classificação será analisado também se o estudante possui ou não diploma de nível superior.

O resultado com a lista dos estudantes pré-selecionados no FIES 2018 será divulgada no endereço eletrônico do FIES e também nas instituições de ensino superior. Todas as vagas de financiamento não preenchidas na chamada regular serão disponibilizadas para a lista de espera do FIES 2018. Os interessados em participar devem acessar o mesmo endereço eletrônico em que efetuaram as inscrições para o processo seletivo.

Os estudantes pré-selecionados devem novamente acessar o SISFIES e concluir a inscrição dentro do tempo estipulado no Edital do FIES 2018. Após concluir a inscrição o estudante deve comparecer a CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) para validar as informações e obter o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI).

Mais informações do Fies 2018 estão disponíveis na nossa página no Facebook, curta e compartilhe.

Inscrições Financiamento Fies 2018
5 (100%) 10 votos

Leave a Comment

Notícia anterior:

Próxima notícia: